terça-feira, 9 de agosto de 2016

Estou gravida de novo, bebê numero 4 ...o loko meu!

Isso mesmo uma 4 gestação, loucura. Estou ficando mesmo, muita preocupação, tudo muitas emoções e sentimentos confusos envolvidos.
Estou de 6 meses já , é um menino que vai chamar Enrico.
Comecei fazer o enxoval do bebê, pequenos detalhes, todo mundo acha que vou tirar de letra pois tenho experiência, mas não é bem assim, estou perdidinha....kkkk. Como estou sofrendo,com tamanho das coisas, a minha menina nasceu grande quase não usou tamanho P , RN nem viu. Então fico com medo se ele vai ser um bebê pequeno ou grande com mais de 4 kg como ela foi. Sei que dá para saber pelo ultra mas gestante é assim mesmo oras.
Aqui em casa estamos ansiosos pela chegada do Enrico, e da mudança que vai acontecer nas nossas vidas, eu principalmente, minha vida vai parar um tempo e isso gera uma ansiedade enorme, estou aprendendo a lidar com isso.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Damas de honra e pajem

Etiqueta para o cortejo infantil.











É difícil não se encantar com a entrada de daminhas e pajens na cerimônia de casamento. Além de levar as alianças ao altar, as daminhas e pajens podem jogar pétalas de flores no tapete, segurar o buquê da noiva durante a cerimônia e ainda proporcionam lindas fotos.

A maioria dos noivos escolhe sobrinhas, priminhas, afilhadas, irmã ou irmão caçulas ou até as próprias filhas.
Quanto ao número ideal, não há regras, mas antes de decidir, avalie o espaço da igreja e o orçamento do casamento, caso arque com as despesas do traje. Para a criança ficar mais à vontade, é prudente fazer um ensaio, mas a ideia é ser um momento gracioso e espontâneo do próprio pequeno. Caso não haja opções na família ou entre os amigos, uma alternativa para quem faz questão da presença das crianças é a entrada de músicos mirins, como violinistas. Isso pode ser acertado com o próprio coral da igreja.




O cortejo de damas e pajens em casamentos teve origem na Idade Média, quando as crianças vestiam suas melhores roupas para esperar a chegada da noiva na entrada da vila. Ao avistarem a carroça, colhiam flores, avisavam aos moradores sobre o início da cerimônia e corriam para a igreja. Na época, era costume crianças e convidados levarem os noivos ao altar.

Quem paga as despesas?
Neste quesito, os especialistas são unânimes em dizer que não há regras. Tudo vai depender da situação financeira dos noivos e do relacionamento deles com os pais das damas e pajens. Quando a cerimônia é grandiosa e a roupa é encomendada, os noivos costumam bancar os custos. No caso de um orçamento mais enxuto, muitos pais compram ou alugam a roupa dos filhos até como uma forma de retribuir o convite carinhoso.

Neste caso, a noiva deve indicar o estilo e o local para aluguel ou compra da roupa. Para os acessórios, é de bom tom que os noivos arquem com as despesas do buquê, da almofadinha ou da cestinha, por exemplo. Entre as opções mais usadas, estão buquê com flores pequenas, buquê de pirulitos, ursinho de pelúcia ou até boneca de pano.   



Independentemente do gosto pessoal de cada um, uma coisa é certa: mininoiva não cai bem em ocasião alguma. Tecidos sem qualidade e que pinicam tiram o humor de qualquer um, imagine o de uma criança. Priorize os tecidos e forros 100% de algodão. E preocupe-se em adaptar a roupa à estação do a
No verão, é comum usar tecidos leves como algodão, piquê, cambraia e cetim. No inverno, o veludo cai muito bem e, se pecisar, aposte em um cardigã por cima.
á os pajens têm a opção de usar terninho, meio fraque, dinner ou até smoking. Os sapatos, normalmente de verniz preto, também podem ser substituídos por tênis, que dão um toque mais descontraído ao look.




DAMINHAS E PAJENS COMBINADOS:
 Para quem quer cor no traje das crianças, fica bonitinho combinar a roupa das daminhas com a dos pajens. A cor da faixa na cintura ou até mesmo do vestidinho inteiro das meninas pode combinar com a cor do colete, da calça e da faixa dos meninos.






PAJENS ESTILOSOS:





sexta-feira, 13 de março de 2015

Parabéns para mim


Meu cabelo novo

Meu corte novo com pregressiva.
Bom sempre falei que não faria alisamento no meu cabelo, pois sempre gostei dele encaracolado e tudo mais, queimei a lingua né,  bom resolvi fazer pois tive uma queda de cabelo muito grande e começou a nascer uns fiapos muito loucos indomaveis.
Eu secava, e olha eles arrepiados depois de um tempo, um saco.
A imagem abaixo diz tudo.


Fui falar com a minha cabeleireira, ela me aconselhou a fazer selante nos fios que era menos agressivo que a progressiva. ADOREI.
Tem formol também não se engane.
Deu certo no meu cabelo arrumou bem aqueles fios arrepiados, fica tudo no lugar.
Era exatamente o que eu queria, ter pouco trabalho. Como o cabelo iria ficar liso decidi então em cortar chanel sempre foi meu sonho ter esse corte.


A parte da frente é mais longa. 
Agora estou bem feliz com meu cabelo liso chanel.